#

Dirigir a noite exige muito mais cuidado

A maioria das rodovias no Brasil, falta iluminação adequada, tornando as estradas muito escura e com isso escondendo perigos que poderiam ser facilmente identificáveis de dia. Para que o motorista possa ver e ser visto a noite, os faróis, luzes de freios, sinalização, para-brisas e espelhos devem estar limpos e em perfeito funcionamento. Procure dirigir sempre com os faróis regulados, faróis desalinhados podem cegar quem vem no sentido contrário. Verifique também se está funcionando corretamente o sistema de luz alta e baixa. Quando o veículo que vem no outro sentido insistir em usar faróis altos não entre em guerra. Mantenha os faróis baixos, afinal, melhor um “cego” dirigindo que dois na estrada e mantenha a faixa do acostamento como referência para dirigir com segurança.

A noite é recomendado dirigir com velocidade ao menos 10% abaixo do limite da rodovia e mantenha maior distância do veículo da frente. A percepção de distância diminui na direção noturna e exige mais cuidado. O por do sol é o momento mais difícil para se dirigir pois os olhos tentam se adaptar a crescente falta de luz. Nesse horário costumam acontecer muitos acidentes graves. A cada 3 h de direção, descanse pelo menos 20 minutos e tire um cochilo se estiver cansado. Caso seu veículo tenha uma pane, saia da estrada, use a sinalização de emergência e fique longe do alcance dos veículos. Ligue imediatamente para pedir ajuda. Nas rodovias federais use o telefone nacional da PRF o191. Não use medicamentos para inibir o sono. Não fume, nem se alimente quando estiver dirigindo, ações como essa desviam fácil a atenção do motorista.